15 de jan. de 2021

Veículo Montana que foi tomado de assalto foi recuperada em Ilhéus

 


Veículo Montana, que foi tomado de assalto em Panelinha, foi encontrado em Ilhéus próximo a Ceplac
Houve trocas de tiros com a policia, no momento em que o veículo foi encontrado.
''Acredita-se que o veículo foi tomado de assalto para fuga de bandidos.''

Montana Branca foi tomada de assalto na estrada do Biscó em Panelinha



 Homens  armados, acabara de assaltar o Sr. Osvaldo empresário do ramo, Super Mercado Shalom de São João do Panelinha, levaram o seu veículo Chevrolet Montana de cor branca, Placa PLC - 3193, mais informações, no decorrer de nossa programação virtual.


13 de jan. de 2021

Paulo do Gás em busca de mais empregos para a população de Camacã


O Prefeito Paulo do Gás e o vice-prefeito Rai, dentro do planejamento, cumprindo sua agenda de visitas, estiveram nessa terça feira (12/01) em um encontro com o Empresário Irivan, Diretor proprietário da Fábrica SUA CIA. O objetivo desse encontro foi propor a empresa, uma parceria para a construção de um galpão em São João do Panelinha, o que pode possibilitar novos empregos.

O empresário Irivan respondeu, “se entregarem o galpão ainda esse ano, gerará em média mais 250 empregos diretos”, completou.

Paulo do Gás enfatizou, “em tempos tão difíceis, nossa meta é gerar empregos e renda para o nosso Município, quem ama Camacã, trabalha por ela, vamos trabalhar duro pelo nosso povo, por mais empregos, mais qualidade de vida”, disse.

A comitiva saiu bastante feliz com essa ótima notícia e prontamente o prefeito já está a procura de uma área para a construção do galpão em São João da Panelinha para instalar a extensão da fábrica.

Estiveram presente na visita a primeira dama Patrícia Bomfim, o Secretário de Administração Gildo Batista, além da diretoria da Fábrica, Carla (Gerente Administrativa), Arthur( Gerente) e Sibele, (RH). 

Fonte: ASCOM 

12 de jan. de 2021

Bolsonaro aposta em prorrogação do auxílio emergencial por mais seis meses

 O presidente Jair Bolsonaro já considera fato consumado a prorrogação do auxílio emergencial por seis meses, contrariando recomendações da área econômica do governo. Bolsonaro deixou claro em conversas ao telefone, nos últimos dias, que gosta da ideia. Ele sabe que o repique do convid-19 deixou o fim da pandemia ainda mais distante e que o governo terá de ajudar os brasileiros que precisam desse suporte financeiro. Para o presidente, o Congresso vai aprovar a prorrogação já em fevereiro. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O presidente gosta da ideia de prorrogar o auxílio emergencial porque sabe que sua popularidade será “turbinada” novamente.

Ele não está preocupado com a “paternidade” da prorrogação do auxílio. O povo sempre será grato a quem paga o benefício, isto é, o governo.

Para o especialista Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisas, a prorrogação do auxílio será determinante na reeleição de Bolsonaro.

Bolsonaro terminou o ano pandêmico de 2020 com a popularidade maior que a de 2019, e isso tem a ver com o auxílio pago aos mais pobres.

Fonte: 

https://diariodopoder.com.br/claudio-humberto-home/bolsonaro-aposta-em-prorrogacao-do-auxilio-emergencial-por-mais-seis-meses

Canavieiras: Morre Tyrone Perrucho do antigo Jornal Tabú

Tayrone Parrucho

Véspera de Natal – pelos meus cálculos, o menino Jesus nasceu à meia-noite – e nesta quinta-feira (24) teríamos uma série de atividades a cumprir antes das obrigações com os familiares, em casa. Mas nada deu certo. Nem mesmo nos preocupamos de marcar o encontro num dos muitos bares de Canavieiras que abrigam, semanalmente, a costumeira reunião do Clube dos Rolas Cansadas e da Confraria d’O Berimbau.

É que ainda nos sentimos desorientados, desde o dia 16 de dezembro, com o sumiço do nosso coordenador mor, o jornalista aposentado Tyrone Perrucho, que se encontra lá pras bandas de Ilhéus numa missão deveras importante e ainda sem data aprazada para o retorno nesta foz do rio Pardo. De uma hora pra outra ele resolveu cumprir uma missão importante, desmoralizar – de vez – este tal de Coronavírus, mais conhecido como Covid-19.

Enquanto trava por lá sua guerra particular, aqui andamos torcendo para que ele vença logo mais uma batalha e dê por encerrada essa contenda, digna de um Hércules ou outros mitos que o valham. Destemido, aproveitou os momentos possíveis e imaginários no planejamento da contenda, assim como fez recentemente a pelejar com outro desses males que campeiam o mundo, o câncer: e venceu.

Dono de um currículo invejável, desde menino Tyrone Perrucho se revelou um ser diferente, tipo aquele “Capeta em forma de guri” descrito na música do mesmo nome, cantada pela banda Os Incríveis. Em certos momentos fico em dúvida se a letra da música foi feita exatamente para ele ou se o dito cujo se apoderou dos termos descritos para fazer uma espécie de breviário, uma bíblia…sei lá.

Peraltices tantas que se destacou no colégio e nas aulas de saxofone, tornando-se um dos músicos da briosa Philarmonica Lyra do Commercio, abandonando o quadro musical da vetusta em troca de incursões nas casas mal-afamadas da rua da Jaqueira. Perdemos um saxofonista, embora ainda poderemos recuperar o instrumento no qual está cravado o seu nome, na cidade de Feira de Santana, inativo como o ex-dono.

Embora tivéssemos perdido um músico, ganhamos um jornalista, fundador – com amigos – da revistinha Tabu, posteriormente transformada o jornal. E o nome Tabu foi dado para quebrar o tabu das publicações – todas de vida efêmera –, vivendo altaneira até os 50 anos e morta de morte matada, pois o jornalista aposentado da Ceplac desejava ardentemente se tornar um vagabundo, na essência da boa palavra. Parar de vez.

Se irreverente na escrita, gozando das benesses da aposentadoria sua verve precisava de mais agitação. Não satisfeito de ser um dos fundadores da Confraria d’O Berimbau e do Troféu Galeota de Ouro, fez valer sua inatividade ao criar o Clube do Rola Cansada, com a finalidade de aumentar e justificar as farras das quintas-feiras com os colegas que nada têm o que fazer.

Astucioso como só ele, marcou pelo Tabu a data e horário conclamando os “velhinhos” para a assembleia de fundação do Clube dos Rolas Cansadas, a ser realizada pela manhã, no bar Sombra da Tarde. Pelos meus afazeres profissionais não pude estar presente, embora soubesse posteriormente pelas páginas de o Tabu que teria manifestado meu voto pela internet, através de um orelhão da OI, há muito desativado.

Como acreditava ser Canavieiras uma cidade de vida bucólica, chegando às vias de pachorrenta, passou a realizar encontro etílicos sociais nos bares do centro e da periferia, em locais desconhecidos pelos turistas. Aliás, ocupar seu tempo diariamente em mesa de bar foi uma determinação que tomou assim que foi agraciado com a merecida aposentadoria, após 30 anos de batente na Ceplac.

E cumpriu à risca. Nem mesmo quando um câncer resolveu tentar derrubá-lo cedeu um só milímetro de sua determinação, suspendendo o consumo de cerveja por apenas 20 dias no pós-operatório. Para evitar mais delongas, refutou o tratamento com quimioterapia ou radioterapia, preferindo as rodas de bar com os amigos, o que lhe deixava mais satisfeito e feliz da vida.

Nesses tempos de pandemia – quando parou mais em casa – resolveu escrever um livro sobre fatos históricos e pitorescos importantes que noticiou nos 50 anos de existência de o Tabu. Antes mesmo que o livro chegasse aos finalmente, foi acamado com uma gripe, combatida com medicamentos populares encontrados em farmácias, chás e outras beberagens da cultura canavieirense.

Ao lembrar de uma crônica que escrevera em o Tabu, noticiando a própria morte, narrada com todos os pormenores e que promoveu uma comoção entre amigos e conhecidos, que, sabedores de suas “safadezas”, resolveram acreditar, resolveu ir em busca de conselhos médicos. Cientes da gravidade da infecção e da idade do ancião, nem mesmo o deixaram sair do hospital.

Nos dois primeiros dias de internamento, por meio do whatsapp, caçoava do tratamento por só ter tomado uma injeção, até ser recolhido a uma unidade de tratamento intensivo, conhecida popularmente como UTI. Nesse tempo em que passou sedado, não sei o que passou por sua cabeça, mas soubemos da corrente de oração encabeçada por sua mulher Yolanda com amigos tantos.

Próximo a completar 15 dias de entubado, os médicos tentaram acordá-lo, em vão, e resolveram tirar o tudo e realizar uma traqueostomia. Pouco lhe incomodou, pois continuou a dormir o sono dos anjos. Sinceramente, não quero nem saber o que ele pensou sobre o que seus amigos fizeram aqui na torcida por sua volta, uma grande corrente de orações, expressas num grupo de whatsapp, por se considerar ateu.

Infelizmente, nesta terça-feira (12), após quase um mês de internado, nosso amigo Tyrone Carlos de Carvalho Perrucho deixa órfãos todos os seus amigos. Desta vez, para sempre e sem direito a manchete de sua morte em o Tabu, feita por ele mesmo, como outrora. Sei que ele deixou todo o roteiro de seu sepultamento escrito – como um testamento –, mas na verdade impossível de ser cumprido pelo protocolo da Covid-19.

Choramos muito, mas devemos homenageá-lo com alegria, como costume na sua vida.

*Radialista, jornalista e advogado

CDA investe em tecnologia e moderniza prestação dos serviços de Regularização Fundiária

 


Para modernizar e garantir a qualidade da prestação dos serviços de regularização fundiária na Bahia, a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), unidade da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), vem investindo em tecnologia, aplicada por meio de ações transversais, em parceria com outras instituições governamentais e não governamentais.  

 

“Todas as ações que estão sendo viabilizadas reafirmam o compromisso do Governo do Estado com a agricultura familiar baiana, e buscam garantir a excelência na prestação dos serviços de regularização fundiária. Essas iniciativas marcam a história do órgão de terras da Bahia, justamente neste momento tão delicado que estamos atravessando. Também é uma preparação para a realidade do nosso segmento na vida pós-pandemia”, destaca a coordenadora executiva da CDA/SDR, Camilla Batista.  

 

No ano de 2020, a CDA firmou parceria com Associação dos Registradores de Imóveis da Bahia (Ariba), o que tornou possível a entrega do título de terra já registrado. A ação pioneira possibilitou o atendimento de duas mil famílias, garantindo que os agricultores e as agricultoras familiares recebam o título registrado em cartório, uma vez que a falta de registro prejudica a efetivação da política pública de regularização fundiária e, consequentemente, a segurança jurídica da posse da terra.  

 

Também foi publicada, no Diário Oficial do Estado, a Instrução Normativa 001/2020, elaborada juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE), que dispõe sobre a regularização fundiária das áreas de parques eólicos do estado da Bahia. Essa Instrução Normativa, pioneira no país, promove a regulação da malha fundiária do Estado e, consequentemente, o desenvolvimento rural, trazendo agilidade à emissão dos títulos de terra para os agricultores e agricultoras familiares que residem e tiram seu sustento em áreas com potencial de geração de energia eólica, chamadas de Corredores de Vento. O documento também permitirá a conciliação entre o modo de vida dos agricultores familiares, suas atividades produtivas e culturais e empreendimentos de geração de energia eólica, evitando a especulação, grilagens e conflitos fundiários. 

 

Com o Decreto Nº 19.157/2019, que permite ao município realizar o Reconhecimento de Domínio Municipal (RDM), 54 prefeitos já estão aptos para contratar empresas credenciadas junto ao Sistema de Cadastro da CDA/SDR, para viabilizar serviços de georreferenciamento de suas áreas. O resultado da iniciativa será a emissão do título de reconhecimento de domínio das terras devolutas inseridas nas áreas urbanas das sedes municipais e nas vilas, distritos e povoados com mais de 200 habitações, permitindo ao gestor municipal regularizar e emitir escrituras das ocupações dos imóveis urbanos dos cidadãos que estiverem localizados em terras devolutas. Também favorece a ampliação da arrecadação municipal, com o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e o acesso ao crédito, junto a instituições financeiras, para a melhoria da infraestrutura urbana e suburbana. 

 

Novas perspectivas 

 

Para este ano de 2021, em parceria com a Secretaria de Administração (SAEB), por meio da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC), será implantada a gestão do atendimento prévio da CDA, pelo SAC Digital. A iniciativa permitirá ao público agendar, previamente, os atendimentos para que, presencialmente, possam acessar os serviços da Regularização Fundiária, além de obter informações, protocolar e consultar processos.  

 

Também será lançado o Geoportal Terra Vista, um sistema que reunirá informações sobre dados da Regularização Fundiária na Bahia, dentre eles, o número de imóveis e área correspondente que tenham processo em tramitação, número de títulos emitidos por município e território. O sistema viabilizará a gestão e o planejamento das ações do órgão, identificando áreas com pouca atuação e características dos imóveis por região, entre outros. 

 

A execução de convênios e contratos com consórcios públicos de Desenvolvimento Sustentável e entidades não governamentais, referentes a parcerias para regularização fundiária de áreas individuais e coletivas, continuará garantindo o desenvolvimento da política pública de regularização fundiária, em atendimento aos agricultores e agricultoras familiares, por meio da ação Parceria Mais Forte, Juntos para Alimentar a Bahia, desenvolvido pela SDR, na unificação das políticas de desenvolvimento rural no Estado. 

 

Foto: André Frutuôso/ Ascom SDR/CAR 





Assessoria de Comunicação SDR/CAR 

Contato: (71) 3115-6766

Acordar muito à noite para fazer xixi pode ser sinal de próstata aumentada

Hiperplasia Prostática Benigna pode ser diagnosticada através de toque retal e exames de sangue e imagem


Quando a vontade de fazer xixi várias vezes ao longo do dia e da noite começou a incomodar o servidor público aposentado Marcus Vinicius Rodrigues (65), ele procurou um urologista, que rapidamente identificou a causa do problema: Hiperplasia Prostática Benigna (HPB). No início, ele tomou um medicamento para retardar o crescimento da glândula, mas como os efeitos impactavam negativamente sua vida, ele saiu de Itabuna, onde mora no sul da Bahia, e deslocou-se para Salvador, a fim de se submeter a uma cirurgia laparoscópica na esperança de resolver definitivamente seus problemas. O procedimento surtiu efeitos positivos e depois de passar por fisioterapia urológica, tudo voltou ao normal, inclusive as ereções.

Segundo o paciente, era muito ruim acordar três vezes toda noite para urinar. Além disso, às vezes, quando estava dirigindo, ele tinha que parar o carro antes de chegar ao seu destino para esvaziar a bexiga, pois não dava para esperar. “Passei por uma cirurgia tranquila em que não senti dor e tive alta no dia seguinte. Fui muito bem assistido. O que me incomodou um pouco foi a bolsa para coletar urina, que usei por 10 dias no pós-operatório. Quando tirei, tive dificuldade em controlar a urina, mas o urologista que me operou recomendou fisioterapia urológica. Obedeci e após dois meses me recuperei completamente. A ereção e o sexo voltaram ao normal. Me sinto bem em relação à próstata, bebo muita água e o xixi está normal, até quando tomo minha cerveja”, relatou.

O urologista Augusto Modesto, responsável pela cirurgia realizada no Hospital São Rafael, explicou que a HPB é uma condição caracterizada pelo aumento do tamanho da próstata, estimulado pela presença do hormônio testosterona, que ocorre durante toda vida no sexo masculino.  Quanto mais velho o homem, mais tempo sua próstata teve para crescer.  Aos 40 anos, 10% dos homens já têm uma próstata aumentada de tamanho; aos 50 anos, esse número salta para 50%; após os 80 anos, mais de 80% da população masculina apresenta HPB. O crescimento benigno da próstata nada tem a ver com o câncer de próstata, ao contrário do que muitos imaginam.  

Sintomas -  O aumento da próstata não é um problema em si. Porém, como ela está anatomicamente localizada junto a algumas estruturas do trato urinário, o aumento da glândula comprime a uretra e atrapalha a saída da urina. Os primeiros sinais são a perda de força do jato urinário e a necessidade de urinar frequentemente. Outros sintomas comuns são dor ou dificuldade para urinar; infecção urinária; cálculo de bexiga;  insuficiência renal, nos casos de grave obstrução; e disfunção erétil (impotência), quando ocorre compressão dos nervos que controlam a ereção.

A vontade frequente de urinar ocorre porque a bexiga não consegue se esvaziar completamente. O não esvaziamento completo da bexiga faz com que um grande volume de urina fique represado, favorecendo o crescimento de bactérias em seu interior. Nos pacientes com hiperplasia benigna da próstata, há sempre um “reservatório” de urina para as bactérias se reproduzirem. Não é de se estranhar, portanto, que a infecção da bexiga (cistite), rara em homens jovens, seja um problema relativamente comum em idosos.

Conforme a próstata cresce, mais comprimida fica a uretra, até o ponto de haver completa obstrução da passagem da urina. A urina que não é drenada se acumula nas vias urinárias, podendo chegar até os rins, caracterizando um quadro conhecido como hidronefrose. Se não for corrigido rapidamente, este problema pode causar insuficiência renal grave, com necessidade de hemodiálise de urgência. Quanto mais tempo os rins ficam obstruídos e cheios de urina, menor é a chance de recuperação após a desobstrução do fluxo. Após 7 a 10 dias de hidro nefrose, começam a surgir lesões irreversíveis dos rins, fato que pode levar o paciente a permanecer dependente de hemodiálise. 

Diagnóstico - O Antígeno Prostático Específico (PSA), marcador de doença prostática colhido através de análises de sangue, eleva-se na HPB, nas prostatites e, principalmente, no câncer de próstata. Pacientes com PSA baixo raramente têm câncer. Quando o valor do PSA é intermediário, o diagnóstico mais provável é a HPB, mas o câncer de próstata não pode ser descartado. PSA alto indica alto risco de câncer, mas também é possível que seja prostatite ou até mesmo apenas hiperplasia. Outro exame importante para identificar HPB é o toque retal. Quando realizado por médico experiente, este procedimento permite identificar se o aumento da próstata é uniforme, ou seja, causado pela HPB, ou localizado, causado por um tumor. 

O ultrassom transretal também permite uma boa visualização da próstata, além de calcular o seu tamanho e volume, ajudando a detectar nódulos suspeitos. Já o ultrassom abdominal permite calcular o volume de urina na bexiga e avaliar sua capacidade de esvaziamento. Também é possível ver os rins e diagnosticar eventuais obstruções graves que estejam causando hidronefrose. Se após a realização de todos esses exames, o câncer continuar sendo uma hipótese, faz-se necessária a realização da biópsia da próstata para se fechar o diagnóstico.

Tratamento - Pacientes que apresentam HPB diagnosticada em exames de rotina e não têm queixa ou sinal de obstrução urinária podem ser acompanhados regularmente sem tratamento específico. Se houver aumento da próstata e sinais de obstrução moderada das vias urinárias, geralmente o tratamento indicado é feito com medicamentos que diminuem o tamanho da próstata. “Quando a obstrução das vias urinárias é grave ou quando o tratamento com medicamentos não tem sucesso, uma cirurgia pode ser necessária”, explicou o urologista Augusto Modesto.

A ressecção transuretral da próstata (RTUP) é atualmente o procedimento cirúrgico mais frequentemente utilizado para tratar a hiperplasia prostática. Neste procedimento, retira-se todo o interior da próstata, deixando apenas a parte externa. Se a próstata não for muito grande, uma cirurgia possível é a incisão transuretral da próstata (ITUP), semelhante a RTUP, que só retira uma pequena parte de tecido da próstata, o suficiente para desobstruir a uretra. Existem outras técnicas para ressecção da próstata, como laser, micro-ondas e cauterização, A técnica depende do tamanho da próstata e da experiência do urologista.

Se a próstata for muito grande, uma prostatectomia (retirada da próstata) pode ser a melhor opção. Esta cirurgia pode ser feita na modalidade simples (aberta) ou através de técnicas minimamente invasivas, como a videolaparoscopia e a cirurgia robótica, que passaram a integrar o arsenal terapêutico da HPB. “Essas técnicas mais novas apresentam vantagens como alta precoce, menor sangramento e retorno mais rápido às atividades laborais, sem falar no menor risco de desenvolvimento de fístula, estenose, incontinência urinária e complicações da ferida operatória, quando comparadas à técnica aberta”, frisou Augusto Modesto. 

Como o aumento da próstata não influencia tanto no ato de urinar para alguns pacientes, muitos deles negligenciam sintomas leves e não procuram ajuda médica precocemente. “Esse comportamento pode desencadear um quadro bem mais grave, com uma insuficiência renal avançada, por exemplo. Por isso é importante que qualquer idoso, ao primeiro sinal ou sintoma de crescimento da próstata, seja avaliado por um urologista”, concluiu Augusto Modesto.

Sugestão de entrevista: Augusto Modesto é urologista, mestre em Oncologia, coordenador científico da Sociedade Brasileira de Urologia - seção Bahia (SBU-BA), membro fundador do Robótica Bahia (RB) - Assistência Multidisciplinar em Cirurgia. Atua nos Hospitais São Rafael (HSR/Rede D’or) e Aristides Maltez (HAM), Centro Médico São Rafael (Cemed), Clínica Urológica da Bahia (CUB)  e Centro Estadual de Oncologia (Cican).


Assessoria de Imprensa: Carla Santana (71) 99926-6898

 


10 de jan. de 2021

Estrada do Chorazói em Camacan é recuperada na primeira Semana de trabalho do prefeito Paulo do Gás



Após recepcionar os funcionários e alguns contratados, cargos e comissionados na segunda feira (4), o prefeito Paulo do Gás teve um início de semana bastante movimentado. Começou a dar expediente na sede da prefeitura recebendo secretários, vereadores e funcionários no seu gabinete, e aos poucos a transição vai definindo até concluir sua equipe de governo.

Paulo salientou que “todo início de governo tem suas dificuldades na recomposição da equipe, temos também nossa metodologia de trabalhar e por isso mudanças são essenciais, estamos aos poucos concluindo os cargos que serão ainda preenchidos, mas sem comprometer os princípios da gestão, até porque, não sabemos quando essa pandemia vai se estender e devemos estar preparados, cuidando da a saúde da população, disse o prefeito Paulo do Gás.


Paulo esteve com o Secretário de Administração Gildo Batista acompanhando a manutenção do Frank, o famoso caminhão do lixo que tem sido a alegria da criançada. Em seguida, dentro do seu plano de governo, uma das metas é investir e trazer benefícios para a agricultura e dentro desse planejamento está a manutenção das estradas vicinais e essa primeira semana a estrada que liga o Chorazói, entre as fazendas Natal, Castelinho e outras localidades, está sendo concluída. 

O prefeito já anunciou que logo em seguida vai fazer a recuperação da estrada que liga Leoventura ao km 25 e garantiu que será feito um serviço programado e planejado. A Rua Damião Coutrim conhecida por Rua do Cemitério em São João do Panelinha também já teve autorização do prefeito Paulo do Gás e já está em fase de conclusão.









Aproveitando suas férias Luciano Huck distribui pizza a agentes de trânsito em Trancoso Bahia

 O apresentador Luciano Huck está de férias com a família em Trancoso, litoral sul de Porto Seguro, e, na noite de sexta-feira (8), jantou na Pizzaria Maritaca, uma das mais famosas do Quadrado.

Segundo o BNews, ao perceber que agentes de trânsito trabalhavam no local, pediu aos garçons do estabelecimento que distribuíssem pizzas a eles.

Ao lado da mulher, Angélica, Huck tem aproveitado bem o verão de Trancoso, com trilhas de bike, massoterapia e passeios pelas praias. Na pizzaria, o casal tirou fotos com fãs.

Já na massagem, em uma publicação no Instagram, a massoterapeuta Simone Rodrigues, que atendeu os artistas, disse que ‘tremeu na base’ ao saber da identidade dos clientes

9 de jan. de 2021

Carnaval com atrações e descontos no Grupo Porto Seguro de Hotéis

 

Porto Seguro Eco Bahia

Porto Seguro Praia Resort 

O feriado de Carnaval será diferente este ano em Porto Seguro e em todo o Brasil. Para oferecer alegria, com segurança, comodidade e preços atrativos, o GPS (Grupo Porto Seguro de Hotéis e Resorts), está oferecendo promoções e condições especiais para quem desejar aproveitar o feriado prolongado na Costa do Descobrimento. Os descontos são válidos para hospedagem durante todo o mês de fevereiro - no Porto Seguro Praia Resort e Porto Seguro Eco Bahia Hotel - nas vendas até 31 de janeiro, através dos parceiros comerciais, ou diretamente pelo site.


“Entre os nossos principais atrativos estão os equipamentos de lazer e a variada programação de entretenimento infantil durante todo o dia, que sempre é apontada como um dos pontos altos do nosso empreendimento. Para a semana do Carnaval teremos ainda mais diversão para toda a família”, afirma o gerente comercial Guto Jones. Ele lembra que para esse período, está em vigor também a promoção de diárias free para até duas crianças com idade até 12 anos, hospedadas no mesmo apartamento da família.

Diversão em segurança

Construído em uma área de 62 mil metros quadrados, em meio à Mata Atlântica, árvores frutíferas e coqueirais, o Porto Seguro Praia Resort tem utilizado suas amplas áreas verdes para a realização de brincadeiras e demais atividades de lazer. Seguindo também os mais rígidos protocolos de saúde e segurança, na semana do Carnaval, crianças e adultos vão se divertir, respeitando o distanciamento entre as pessoas e com atrações no deck da piscina, áreas externas e também no Clube de Praia João da Sunga, em frente ao resort, e que também faz parte do sistema all inclusive.

A programação inclui atrações todos os dias da semana, como Grito de Carnaval, Bailinho de Carnaval, Bloquinho com Mini-trio, Charanga Pacatá e Sunset Folia. “A máscara será a fantasia predominante nesse Carnaval, onde as pessoas poderão se divertir, sem aglomeração e com toda a segurança necessária. E aproveitar o feriadão, para curtir um destino de praia, a preços super atrativos, com alegria, conforto, segurança e bem-estar”, resume o gerente comercial, Lúcio do Carmo.

Informações através do site www.pspresort.com.br

Hilda Rodrigues
Grupo GPS - Assessoria de Imprensa
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019