19 de jan. de 2022

Covid-19 ou gripe? Não tenha dúvida, faça o teste


A variante ômicron da Covid-19 avança no Brasil e no mundo. A nova cepa tem causado aumento rápido no número de infecções. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), com a ômicron, o número de casos dobra a cada dois a três dias.
Além do crescimento de casos da Covid-19, o país enfrenta também um grande surto de gripe. Os dois vírus, tanto isoladamente, quanto em contaminação conjunta (Flurona), têm causado sobrecarga nos prontos-socorros e elevado o percentual de ocupação nas unidades de terapia intensiva (UTIs).
Esse surto tem gerado afastamento de funcionários infectados pelo novo coronavírus ou por influenza. Companhias aéreas, supermercados, laboratórios e hospitais, são as que mais sofrem com a escassez de mão de obra. Diversos estados passaram a retomar ou adotar novas medidas de restrição para aglomerações.
Faça o teste


Testes laboratoriais são muito importantes para ajudar a diferenciar casos de Covid-19 ou de gripe, possibilitando o tratamento e o monitoramento adequado dos pacientes. Ambas doenças apresentam sintomas semelhantes, sobretudo nos primeiros dias, o que dificulta o diagnóstico clínico. 
Tosse, dor de cabeça, febre muscular, dor de garganta, coriza, vermelhidão nos olhos, olhos lacrimejantes. Todos são sintomas que podem ocorrer tanto nos casos de gripe como nos de covid-19. Os tratamentos, no entanto, são diferentes.
No Laboratório Gontijo o paciente realiza três exames com uma única coleta antígeno para Influenza A (H1N1, H3N2 e H5N1) + Influenza B + Covid-19. O teste de antígeno, também conhecido como "teste do cotonete", é um exame rápido capaz de detectar a presença desses vírus.
Se o resultado for positivo, significa infecção viral ativa. Consulte as unidades do Laboratório Gontijo pelo WhatsApp (73) 3166-5161, que foi criado para agilizar o atendimento e tirar dúvidas.
Outros números
Pesquisa realizada pela Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), com 33 hospitais espalhados pelo Brasil, aponta um aumento de 88% nos casos positivos de Covid-19 e de influenza. O aumento no número de casos do coronavírus foi, em média, de 655% desde dezembro de 2021. Já o crescimento no número de casos de influenza foi, em média, de 270%.
Outro levantamento, feito pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), mostra que a média móvel de novos registros de Covid-19 em sete dias (07 a 13/01/22) atingiu mais de 60 mil casos, a maior desde 29 de junho do ano passado.
Com informações da Agência Brasil (EBC)

Assessoria de Imprensa
Laboratório Gontijo


Baixe o APP RadiosNet em seu celular ou tablet e ouça nossa rádio em qualquer lugar
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019