8 de jan. de 2022

A ONU envia ajuda para o sul da Bahia


 A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), em coordenação com o ministro da Cidadania, João Roma, entregou parte dos 16 mil itens emergenciais doados para atendimento à população impactadas pelas severas chuvas que atingem a Bahia desde o início de dezembro. Os materiais doados começaram a chegar em Vitória da Conquista na tarde de quinta-feira, sendo imediatamente repassados aos órgãos locais de respostas à catástrofe. Os itens doados pelo ACNUR são fraldas, baldes, kits de limpeza e de higiene, colchões e capas, esteiras para dormir, bolsas e galões.

Também foram doadas 15 casas de emergência humanitária, do tipo que é usado em Roraima para abrigar os refugiados venezuelanos. “O ACNUR é uma organização humanitária dedicada a salvar vidas e proteger as pessoas que foram forçadas a deixar suas casas e comunidades por motivos de perseguição".

A Bahia acolhe cerca de 1.500 refugiados e migrantes, em especial venezuelanos, a maior parte tendo chegado ao estado pelo programa de interiorização da Operação Acolhida – resposta governamental ao fluxo de pessoas venezuelanas vindas para o país. Ela já transferiu 778 venezuelanos para 27 municípios baianos.

“A meta, agora, é retirar as pessoas da área de risco, avaliar os locais que podem ser afetados ou possam chegar a ruir e tomar providências. Nós, do Governo Federal, agimos a fim de encontrar soluções definitivas para melhorar a vida da nossa população”, afirmou o ministro João Roma.

As fortes chuvas que atingiram o sul da Bahia já provocaram 26 mortes e afetaram mais de 815 mil pessoas. Até quarta, 163 municípios seguiam sob decreto de situação de emergência, segundo balanço divulgado pela Sudec (Superintendência de Proteção e Defesa Civil) do estado.


Baixe o APP RadiosNet em seu celular ou tablet e ouça nossa rádio em qualquer lugar
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019