28 de dez. de 2021

Prefeitura de Camacã organiza força- tarefa para auxiliar a Defesa Civil

 


As fortes e longas chuvas que tem caído em Camacã e na região têm deixado a população em estado de alerta, entretanto, o prefeito Paulo do Gás já havia decretado estado de emergência, no dia 06 de dezembro, com o intuito de mobilizar as demais autoridades administrativas a fim de auxiliar nas eventuais necessidades.

Quase 20 dias depois do decreto, as chuvas vieram com mais intensidade, o que surpreendeu a todos pela previsão de chuvas anunciada anteriormente.

Desde novembro que as chuvas não param de cair e na véspera do Natal, a Defesa Civil ficou de prontidão e no sábado (25/12) a equipe se deslocou logo cedo para acompanhar as aéreas críticas de riscos na cidade, visitando as famílias e orientando a se mudar para casa de parentes ou amigos.




O prefeito Paulo do Gás convocou todas as Secretarias e montou uma força-tarefa e visitou os locais onde foram registrados deslizamentos de terras, alagamentos, e outras situações.

“Desde que iniciou as fortes chuvas, mobilizamos nossas secretarias e profissionais de diferentes setores que estão trabalhando exaustivamente para atender as ocorrências e garantir o suporte em tudo que é possível e necessário às famílias que foram atingidas pelas diversas situações, principalmente por alagamentos, deslizamentos de terras, e outros,” afirmou o prefeito Paulo do Gás. 

De acordo a Defesa Civil, foram organizadas equipes do Gabinete do Prefeito, Procuradoria Geral do Município, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Administração, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Guarda Civil Municipal, Secretaria de Saúde, Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana e Secretaria de Obras, além da presença da equipe de Engenharia que tem realizado um papel importante durante esse período chuvoso. Uma equipe da Secretaria de Agricultura em parceria com a EMBASA providenciou água para moradores da zona rural. 

“Nessas visitas, constatamos bastantes deslizamentos, alagamentos, moradores abrigados nas casas de familiares, pousada, estão tendo total apoio e suporte do Município, recebemos chamadas de árvores caídas em estradas e rodovias”, avaliou Ednan Xavier (Defesa Civil). 

Segundo o Relatório da Defesa Civil, 32 pessoas estão desabrigadas por deslizamentos de terra, por precaução foram isoladas e estão bem seguras, sem nenhum dano registrado, apenas uma casa foi invadida pela água. 

A participação da equipe da Secretaria de Assistência Social é de fundamental importância,  24 horas atendendo solicitações. Já foram disponibilizadas paras as famílias: aluguel social, alimentação, roupas, calçados, colchões, travesseiros, cobertores, além do cadastramento que está sendo feito para possíveis reparos em suas casas.

“Estamos acompanhando essas famílias, conhecemos algumas de perto, por conta das nossas visitas de rotina, nada vai faltar enquanto estiverem necessitando”, disse a Secretária de Assistência Social Ana Clébia. 

A Secretária disse também que está recebendo doações da comunidade.

Fonte: ASCOM


Baixe o APP RadiosNet em seu celular ou tablet e ouça nossa rádio em qualquer lugar
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019