25 de ago de 2016

Educação Infantil em Canavieiras vive uma nova realidade


As crianças matriculadas na Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino de Canavieiras vivem uma nova e satisfatória realidade. Definida como a “primeira etapa da Educação Básica”, a Secretaria da Educação, nos últimos anos, vem se empenhado na melhoria na qualidade de atendimento das crianças de zero a cinco anos de idade que estudam nas escolas do município. A educação infantil é oferecida em creches para crianças de zero a três anos de idade e pré-escolas para crianças de quatro e cinco anos de idade. 

Informa a Secretária da Educação, a professora Emília Augusto, que Canavieiras atende, hoje, um total de 1.300 crianças, sendo que as de quatro a cinco anos são atendidas pela rede. O atendimento nas creches é de período integral e na pré-escola período parcial. Segundo a secretária, todo o trabalho pedagógico é cuidadosamente elaborado com a finalidade de proporcionar uma educação de qualidade, com vários projetos de iteração e aprendizagem.

 “Os estímulos adequados recebidos nos primeiros anos de vida proporcionarão seu desenvolvimento global, favorecendo inclusive a aquisição da leitura e da escrita. Nosso objetivo é tornar a educação das crianças mais lúdica e agradável”, informa. Um feito considerado de grande importância foi a transformação do Colégio Antônio Carlos Magalhães em escola exclusiva de educação infantil, para atender a crianças dos três aos cinco anos de idade. A escola é a primeira escola pública de Educação Infantil Municipal e tem 281 alunos matriculados. A educação de crianças também ganhou mais vagas com a ampliação da Creche Vovó Cabocla. 

Após as obras, a creche agora conta com mais duas salas de aula – uma dessas transformada em brinquedoteca, onde os alunos podem assistir a filmes, folhear livros de literatura infantil e brincar – e um novo parque infantil, além da readequação da cozinha e da secretaria. Na creche Vovó Cabocla, são atendidos 120 alunos de zero a três anos (antes eram 80 vagas), num ambiente especialmente construído para atender todas as necessidades do alunos. A creche conta com 44 funcionários, sendo 24 professores.

 “O município atualmente respeita a perspectiva de que as creches passem a ter um conteúdo educacional, deixando de ser meros depósitos de crianças, com base nos parâmetros da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), informa a secretária. Seguindo esse entendimento, outra importante ação foi a desapropriação de uma área de 3.255 metros quadrados, onde está sendo construída a Creche São Boaventura.

Enquanto as obras não estão concluídas, a instituição de ensino infantil está funcionando, temporariamente, em uma casa alugada, atendendo a 70 crianças, trabalhando exclusivamente com a Educação Infantil, compreendo uma creche e os cursos Maternal, Pré-escola I e II. A secretária destaca ainda, as salas de Educação Infantil em 27 escolas do campo e em sete escolas da sede do município. A tarefa que se propõe a educação infantil é redefinir os dois termos: cuidar e educar. “Cuidar não só no sentido de atender as necessidades físicas das crianças, mas criar um ambiente que proporcione conforto, segurança física, psicológica, acompanhamento e estimulação. Educar, por sua vez, significa propor metas a sua aprendizagem e desenvolvimento e estamos cumprindo”, afirma a secretária.
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015