27 de mai. de 2015

Professor da UFBA é afastado após denúncia de comentários machistas e homofóbicos

Um professor do Instituto de Física da Universidade Federal da Bahia (UFBA) foi afastado cautelarmente das atividades pelo período de 60 dias, após denúncias prestadas na Ouvidoria Geral sobre comentários de cunho sexista e homofóbicos feito pelo docente dentro de sala de aula.

A decisão do afastamento foi tomada pelo diretor da unidade, professor Raimundo Muniz Teixeira Filho, no dia 11 de maio, a fim de possibilitar a isenção do instituto diante da apuração das supostas irregularidades.

De acordo com Muniz Filho, o Instituto recebeu denúncias da Ouvidoria e, diante dos relatos, abriu uma sindicância para apurar os comentários. O procedimento foi aberto no dia 14 de maio e conta com três professores, sendo um de cada departamento da unidade.

"É um afastamento cautelar para que as apurações sejam feitas. No momento, eu não posso falar absolutamente nada. A sindicância foi aberta e as apurações estão sendo feitas", declarou. Conforme Muniz Filho, a sindicância tem o prazo de um mês para ser concluída, mas pode ser prorrogada em mais 30 dias. (G1)
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019