8 de dez de 2015

Canavieiras: O Jornal com preconceito ''Tabu Online'' pode responder processo


O jornal que se diz sem preconceitos da cidade de Canavieiras deve responder a processo por Dano Moral pela veiculação da matéria, “Bando Aterroriza Una e fica preso em Canavieiras”, publicado em sua página na internet, no dia 13/01. As informações são normais de uma ocorrência policial, contendo os nomes dos presos e os crimes que cometeram, porém, na foto contida na matéria traz as imagens de jovens de boa índole e conhecidos em nossa cidade. 
Veja a matéria: 

– “Estão custodiados na cadeia de Canavieiras, desde a manhã desta sexta-feira, 13, Diego Alves Dias, 19 anos, Wilson Serra Quinto, 26 anos, Gelves Santos Costa, 18 anos, Fábio Mota Barbosa, o Fá, 18 anos, Luiz Gomes Sales, 19 anos, e Ivo Santos Almeida, o Piloto, 49 anos.
Eles foram presos por uma guarnição do Pelotão da PM em Una, por andarem aterrorizando em bairros da cidade e zona rural, cometendo ilícitos penais como tráfico de drogas, ameaças, roubos e homicídios. Com o grupo, que era liderado por Fá, foi apreendido o menor M. G. S., 17 anos.
O elemento chamado Diego confessou ter matado Valter Oliveira dos Santos, o Utinho, há 15 dias, e também Walack Dantas Nascimento, na última quarta-feira, dia 11.
Os policiais militares apreenderam com o grupo 3 revólveres, 2 espingardas e cerca de l km de maconha prensada, munições de diversos calibres e um veículo Fiat, modelo Strada, cor prata, NTH-1716, de Una, de propriedade de Ivo Almeida, o Piloto.”- 

Na foto, da esquerda pra direita estão: Alexandro da Silva Carvalho professor de Capoeira da ACAZ;Lucas Pereira Santos, Mestre-presidente da Associação de Capoeira ACAZ, que há 20 anos vem prestando relevante serviço social em Canavieiras, Belmonte, Uruçuca e Arataca; Cesar Badaró, Mestre de Capoeira em Belmonte (movendo ação por Dano Moral em sua cidade); Isac Santos, Professor de Capoeira, hoje reside em Salvador; Jailson Nascimento Mestre de Capoeira da ACAZ e em outra foto está Daniel de Oliveira Canedo, Mestre superior da ACAZ (Associação de Capoeira Adeptos de Zumbi).
O advogado, Dr. Luiz Phelipe, moveu a ação na justiça comum, alegando Dano Moral, uma vez que o fato pode trazer grandes transtornos à vida de cada um dos rapazes.
“Eu estava em casa, quando meu irmão, que mora no Rio de Janeiro me ligou dizendo que tinha lido a matéria. Isso gerou muita confusão entre meus familiares.” Diz Mestre Lucas, que ainda está muito revoltado com o ocorrido.
Fonte: Canavieirasnews
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015