9 de dez de 2015

Atletas da Associação Nissei de Judô entre os melhores de 2015


Para celebrar as conquistas do judô baiano e apresentar os projetos para o próximo ano, a Federação Baiana de Judô (Febaju) promoveu no último sábado (5), a sua cerimônia de “Melhores do Ano” no auditório Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas. A noite foi dedicada aos atletas e academias que conquistaram o melhor desempenho em 2015, entre eles judocas da Associação Nissei de Judô, em Canavieiras. Informa o técnico Arnou Lobo Júnior, que os atletas Arnou Netto e Letícia Araújo, da Academia Nissei de Canavieiras, foram os melhores do ano em suas respectivas categoria. “Arnou Netto foi um dos principais destaques do evento, sendo homenageado por quatro resultados para Bahia: Campeão brasileiro Regional, Vice-Campeão brasileirão, Vice-Campeão Nacional dos Jogos Escolares e terceiro colocado no Sul Americano na Argentina. Com esse resultados, nosso judoca conquistou o segundo lugar no hanking geral nacional”, explicou. Também foi homenageado o professor de artes marciais da Associação Nissei e vice-presidente adjunto da Febaju, Edimerson Simplício pelo trabalho realizado em prol do esporte. “Foi uma conquista inédita na nossa região, resultado de um trabalho sério e consistente. Quero agradecer à Prefeitura de Canavieiras, pelo apoio de sempre, a todos patrocinadores, colaboradores, pais e responsáveis, professores e atletas que creditam que o Judô é uma ferramenta de transformação, inclusão social e qualidade de vida”, disse. Na ocasião, o presidente da Febaju, Marcelo Ornelas, homenageou os atletas mestres e academias. “Este é um momento de celebrar as conquistas deste esporte na Bahia e estimular a confraternização entre as pessoas”, afirmou o presidente. O professor de artes marciais Edimerson Simplício desenvolve o lado social como monitor da oficina de artes marciais na Escola Benício Machado, através do programa Mais Educação, do Governo Federal. “A maioria destas crianças e jovens não teria condições de participar de aulas de Judô em uma academia, pois isso envolve custos. Através do programa eles receberam quimonos e podem desenvolver as técnicas e habilidades que aprenderam nas oficinas”, concluiu.
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015