29 de dez. de 2015

A ''IMPRENSA'' IMPOSTORA


É lamentável o que talvez a sociedade, a população de Camacã e região não saibam da realidade, na distorção dos fatos jornalísticos proferidos por um suposto apresentador que não tem registro se quer da função a qual exerce, quando na realidade vive de extorquir políticos para que seus nomes não sejam apedrejados no seu programa que diz “falar a verdade”. Será que há verdade nos seus noticiários? Suponhamos que aqueles copiados de outros meios de comunicação podem ser considerados legítimos. No entanto, os noticiários relatados por esse apresentador, muitas vezes são transformados em tempestade num copo d’água, quando muitas vezes as suas vítimas são sugadas, ameaçadas, pelo seu único e exclusivo interesse de falar mal dos governos em troca de ficar calado, por migalhas de reais. Foi assim com a saudosa prefeita Ângela Castro, que por sua vez, contava aos amigos mais íntimos sempre que, quando atrasava o pagamento, ou melhor, a propina, o apresentador Mercenário ameaçava e buscava assuntos pertinentes a administração para desgastar a imagem. Mas não foi só a prefeita que caiu nas garras desse suposto locutor, que aliás, pra quem não sabe, já veio de Canavieiras  e aqui encontrou apoio de pessoas que o bajulasse tanto, ou quem sabe medo de ser incluso no programa. Prefeitos de cidades vizinhas  são obrigados a pagar  em troca de não serem ser detonados. Ao contrário de um empresário de loteria, que aproveita o ensejo para auto se promover, mas  ainda bem, esse não sai do lugar, não vai pra lugar nenhum, mesmo sendo elogiado no programa em troca de favores de dormida no seu estabelecimento.  Agora, está perseguindo o atual prefeito de Camacã, que em apenas três meses no comando da cidade, está sendo absurdamente cobrado pelo apresentador. Ainda bem que não está se submetendo aos subornos desse aventureiro da locução. Há relatos de comerciantes que reclamam  que se aproveita do falso status para se beneficiar. A quem diga uma proprietária de restaurante na cidade conhecidíssima. Sabemos que a impressa tem seus direitos reservados por lei, é livre, mas não ao ponto de demostrar publicamente oposição seja ela qual for. "Infelizmente, esse apresentador é um verdadeiro morcego jornalista que vive sugando um aqui, outro acolá, para garantir acesso a prestígio e descartando a moral que nunca teve. E pra que não bastasse, um Jornal tão conceituado e pioneiro como Tabu On Line, não poderia em hipótese alguma, se rebaixar por causa de caprichos políticos. Chantagem é o lema desse pseudo locutor, que de jornalista não chega nem perto. Ele não imagina o sofrimento de quem é difamado pelas suas reportagens forçadas, que acabam causando constrangimentos e sobretudo, as mentiras se transformam em verdades, porque quem as escutam, não sabem, não viram, apenas caem nas ciladas das inverdades de quem não sabe o que é verdadeiramente ser um jornalista autentico, real, e acima de tudo imparcial nas suas colocações, ser mais profissional, com equilíbrio e que tenha sensibilidade de obter fatos que ajudem sim a uma cidade se desenvolver e não regredir.
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019