23 de nov de 2015

Curso em parceria entre Uesc e Prefeitura de Canavieiras forma novos gestores culturais


A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e a Prefeitura de Canavieiras concluíram na tarde desta sexta-feira (20), o segundo e último módulo do Curso de Formação de Gestores e Agentes Culturais. O primeiro módulo foi dado em novembro do ano passado e agora os participantes estão capacitados a atuar nessa atividade. Durante o encerramento, o prefeito de Canavieiras, Almir Melo, disse que em Canavieiras se “respira cultura” e a partir de agora os agentes estão aptos a exercer esse trabalho com todas as técnicas. “Desde que o secretário de Cultura, Jorge Carvalho, me apresentou o projeto, apoiei imediatamente, para que a cultura de nossa cidade passe a ter continuidade e mais facilidade na captação de recursos”, frisou. O curso é realizado através do Programa Uesc Agir (Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras da Região Litoral Sul da Bahia. Para o professor Samuel Mattos o objetivo é fortalecer, através da capacitação desses agentes uma maior participação do território litoral sul nas políticas públicas culturais, editais e captação de recursos. “Canavieiras recebe o nosso projeto e passa a ter agentes culturais qualificados, o que é, sem dúvida nenhuma, um passo muito importante para que a gente possa ter políticas públicas para a cultura no Brasil”, afirmou. Na sua palestra, o diretor de Orçamento da Assessoria de Planejamento da Uesc, Niraldo Alves da Silva, explicou que a elaboração do orçamento requer muita técnica e atenção. Segundo ele, é preciso que os valores estejam em consonância com as planilhas, bem com as fontes e rubricas devidas, para que não sejam reprovados. Entre outras recomendações feitas por Niraldo Alves estão a documentação necessária, os apoios financeiros e conteúdo objetivo e sucinto, especificando, ainda a contrapartida para a sociedade. “É preciso que a peça siga estritamente o que é solicitado no edital, para não confundir quando da análise dos técnicos”, recomendou Niraldo. Com carga horária de 40 horas, abordando: Dimensões da Cultura – interfaces, diversidade e desenvolvimento; Políticas Públicas para a Cultura e Marketing Cultural; Economia da Cultura; Gestão da Cultura; Captação de Recursos para a Cultura; e Elaboração e Gestão Orçamentária de Projetos, o primeiro módulo ministrado foi Gestão Cultural. As aulas foram apresentadas de forma expositivas e participativas, com o uso de recursos audiovisuais, prática de elaboração de projetos, análise de editais públicos, orientação pessoal aos
alunos. Segundo o secretário Municipal da Cultura, Jorge Carvalho, os certificados já são uma referência especial para os agentes de cultura, o que é uma demonstração de têm formação para elaborar projetos técnicos. “O professor Samuel também nos garantiu que novas oficinas, em nível de extensão, serão promovidas, para introduzir novos conhecimentos aos agentes”, concluiu Jorge Carvalho.
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015