6 de ago. de 2015

Quase 10% das bombas de combustíveis estão adulteradas

Fraudes em postos de combustíveis prejudicam milhões de motoristas todos os dias. A qualidade e a quantidade de gasolina, álcool e diesel vendidos nem sempre correspondem ao que é prometido. Este ano, o Instituto de Pesos e Medidas constatou irregularidades em 7% das bombas inspecionadas, o que corresponde a quase 4500 equipamentos no estado de São Paulo. O Inmetro fiscaliza anualmente os postos, que devem ter nas bombas lacre e selo de segurança. Mas a adulteração pode ser feita bem antes de chegar ao consumidor. Em 2014, a Agência Nacional de Petróleo aplicou quase 4500 multas entre produtores, distribuidores e revendedores de combustível e interditou 724 estabelecimentos. Uma das formas de se proteger é pedir um teste de medição num aferidor de 20 litros, que todo posto é obrigado a ter. Já a gasolina adulterada é mais difícil de ser evitada, mas o consumidor pode verificar nesse equipamento junto à bomba que se o tipo de mistura usada no combustível está dentro dos padrões. 
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019