22 de ago. de 2015

PM é preso suspeito de envolvimento em sequestro de cabeleireira

Policial foi preso na Companhia em que trabalha.
 (Foto:Divulgação)
O sequestro da cabeleireira Arlethe Patez teve envolvimento de um soldado da Polícia Militar. Solemar Alves Campos, de 41 anos, apontado como um dos mentores do sequestro, lotado na 41ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Federação), foi preso na quarta-feira (19), na própria unidade por equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e da Corregedoria da Polícia Militar. Além dele, outros dois envolvidos com o caso também foram detidos, de acordo com o delegado Cleandro Pimenta, do Draco. Andresson Lopes de Oliveira, 35, companheiro de uma empregada do salão da vítima, foi preso por fornecer à quadrilha informações sobre a rotina do salão na noite de terça-feira (18), quando buscava a mulher no trabalho – ela não teria envolvimento. Já Filipe Assis Lima, 21, foi preso, na quinta-feira (20), em Pernambués. Ele roubou um carro, o Gol, prata, placa não identificada, a pedido de Solemar para sequestrar e conduzir a cabeleireira ao cativeiro, Ele serviu o Exército entres os anos de 2013 e 2014.

Outros dois homens já haviam sido presos.
(Foto:Divulgação)

A polícia ainda não localizou o veículo roubado. Um novo inquérito será aberto para apurar este crime. Segundo o delegado Cleandro Pimenta, um dos integrantes da quadrilha, preso anteriormente, informou que um policial militar integrava a quadrilha e era o responsável por transportar a vítima pelas estradas do interior com o objetivo de despistar a polícia, apresentando a carteira funcional, caso fosse parado numa blitz. Solemar foi conduzido ao Batalhão de Choque da PM, em Lauro de Freitas, Andresson e Filipe já estão no Sistema Prisional. As investigações prosseguem e a polícia busca identificar o paradeiro dos demais integrantes da quadrilha de sequestradores.
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019