29 de jul. de 2015

Médico confunde contrações com pedras nos rins e bebê morre

Um menina recém-nascida morreu cinco dias após o parto. Segundo reporta o R7, o caso aconteceu porque o médico confundiu o trabalho de parto da gestante com um caso de pedras nos rins. A denúncia é de Davina Neild, que começou a sentir dores próximas ao estômago 15 semanas antes da data prevista de nascimento de sua quinta filha.

Davina, que tem 34 anos, contou ao jornal Daily Mail que começou a sentir contrações, mas que foi apenas na segunda visita ao Whiston Hospital, em Widnes, Reino Unido, que os médicos finalmente se deram conta de que sua filha estava a caminho. A grávida foi, então, transferida para uma unidade neonatal, e deu à luz Isla Dolly, que pesava apenas 500 g.

No entanto, apenas cinco dias depois do parto, Davina e seu marido perderam a pequena Isla, que não resistiu e acabou morrendo.

Um porta-voz do hospital disse que, em ambas as visitas de Davina ao hospital antes do nascimento, ela não tinha sinais médicos de trabalho de parto. A mãe, por sua vez, alega que o hospital se recusou a interná-la e fingiu não notar as contrações, a fim de atrasar o parto.


"Se eles tivessem me escutado, teriam tomado as medidas corretas. Eu fiquei arrasada por ser ignorada, e ouvir que eu estaria possivelmente sofrendo uma crise de pedras nos rins. Foi tão surreal dar à luz depois de ser recusada duas vezes. Tenho outros quatro filhos, e desta vez as coisas definitivamente não correram de uma maneira normal. Fiquei frustrada por não acreditarem em mim, porque eu sabia que minha bebê estava chegando", disse a mãe.

Ao longo de cinco dias, os pais assistiram à filha lutar pela vida.

"Ela tinha muitos tubos ligados a ela, mas era tão perfeita, um bebezinho normal, só que muito pequena. Eu me lembro de pensar que ela tinha pés grandes. Eles eram tão fofos, e ela era tão querida. Um dia, fui tomar banho e recebi um telefonema dizendo que ela havia piorado. Nunca corri tão rápido na vida, mas pelo menos consegui segurá-la por uma última vez", lembra Davina.
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019