22 de jul. de 2015

Canavieiras:Prefeitura inicia obras para adequar maternidade ao programa Rede Cegonha



A Prefeitura de Canavieiras, através da Secretaria da Saúde, está realizando a reforma do espaço físico do Hospital Municipal Régis Pacheco, que irá atender as adequações de ambiência da Rede Cegonha. Baseado nos princípios da humanização e da assistência do parto, do nascimento e da saúde da criança, o projeto, aprovado pelo Ministério da Saúde, prevê reforma, ampliação e equipamentos para adequação do setor de Obstetrícia e Maternidade do Hospital. Informa a Secretária da Saúde, Roberta Barros, que as gestantes que buscarem a maternidade para a realização do parto irão dispor de uma área exclusiva no Hospital Régis Pacheco. “Assim que derem entrada, serão encaminhadas à sala de acolhimento, em seguida, à sala admissão de parturientes e quarto de parto, depois encaminhada ao alojamento”, explica a secretária. Entre as atenções especiais voltadas para a gestante e recém-nascidos, segundo Roberta, estão sendo construídos dois quartos no perfil PPP (espaço destinado ao pré-parto, parto e puerpério) que irão permitir a realização do procedimento com a assistência apropriada e a oferta de um ambiente mais aconchegante à gestante. Outro diferencial é o ambiente de solarium e deambulação (passeio e exercícios), conforme os procedimentos do pré e do pós-parto. Segundo Roberta, consta no projeto uma recepção, sala de triagem e observação, alojamento conjunto e posto de enfermagem. “Caso as condições de parto exijam outros tipos de procedimento, a área da Rede Cegonha está localizada próximo ao Centro Cirúrgico”, afirma. A implantação do programa Rede Cegonha em Canavieiras, segundo o prefeito Almir Melo, é parte integrante do planejamento da Secretaria Municipal da Saúde para oferecer novos procedimentos modernos e adequados à população. “Nosso objetivo é garantir à gestante parturiente melhorias no atendimento e acompanhamento, durante e pós-parto”, explica. Entre as diretrizes da Rede Cegonha estão a garantia do acolhimento com classificação de risco, ampliação do acesso e melhoria da qualidade do pré-natal; garantia de vinculação da gestante à unidade de referência e ao transporte seguro; garantia das boas práticas e segurança na atenção ao parto e nascimento; garantia da atenção à saúde das crianças de 0 a 24 meses com qualidade e resolutividade; e garantia da ampliação do acesso ao planejamento produtivo.
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019