28 de jul. de 2015

Canavieiras: Abacaxi Imperial é destaque na agricultura




O prefeito de Canavieiras, Almir Melo, enviou hoje uma mensagem de solidariedade e estímulo aos agricultores de Canavieiras. Em telefonema ao presidente do Sindicato Rural de Canavieiras, João Guilherme Viana, o prefeito ressaltou a missão dos agricultores de alimentar a humanidade, trabalho que é feito desde a pré-história. Almir Melo ainda lembrou que a agropecuária é uma das atividades mais importantes de Canavieiras em toda sua história, a começar por ser a terra mater do cacau na Bahia. “Foi na Fazenda Cubículo, às margens do rio Pardo, que foram plantados os primeiros pés de cacau por Antônio Dias Ribeiro, em 1746, introduzindo Canavieiras na história”, disse o prefeito. De acordo com o secretário Municipal da Agricultura, João Brasil, Canavieiras até hoje faz história na agricultura e atualmente é o município que mais recebe investimentos privados na agropecuária. Para o secretário, o município reúne todas as boas condições para o desenvolvimento de diversas culturas, por ter solo de qualidade, chuvas regulares e sol o ano inteiro. Informa João Brasil, que a agricultura em Canavieiras abrange diversos tipos de cultivos, a exemplo do cacau, fruteiras variadas, pecuária de leite e corte, inclusive com a agroindústria de seus derivados, café conillon, mamão e produtos hortifrutigranjeiros. Um dos novos destaques da agropecuária canavieirense é o abacaxi, que vem sendo implantado por alguns produtores. Destaca, João Brasil, que a espécie de abacaxi plantada em Canavieiras é a Imperial, tolerante a diversas doenças e pragas, inclusive a Fusariose, fungo que destruiu uma grande quantidade de lavouras em todo o Brasil. Somente em Canavieiras já foram introduzidos mais de 160 mil pés, o que demonstra a vocação do município para esse tipo de cultura. O secretário da Agricultura diz que esse trabalho conta com o apoio técnico da Embrapa Fruticultura, de Cruz das Almas, desde a sua introdução. Somente um dos agricultores possui um cultivo com 140 mil pés da fruta, que é comercializada na região e enviada para outros centros consumidores. Na sexta-feira passada (24), os pesquisadores da Embrapa Augusto César Moura e Renato Santos Cabral fizeram uma visita técnica às unidades produtoras de Canavieiras. Segundo eles, o abacaxi imperial possui todas as condições desejadas pelo mercado, como aparência, sabor, textura, pouca acidez, dentre outras. O abacaxi imperial vem sendo pesquisado pela Embrapa desde 1982 e introduzido no mercado a partir de 2003. De lá pra cá, o cultivo vem sendo expandido dada a comprovação de suas qualidades. “Aqui em Canavieiras o abacaxi encontrou todas condições ideais para o seu cultivo e a tendência é que novas propriedades comecem a plantar o abacaxi imperial”, revela João Brasil.
 

Camacan Bahia Copyright © -- NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO! #Camacan Bahia# 2019