26 de mai de 2015

Trio preso em Itabela é investigado por assalto e morte de policial

tytyyy
Policiais militares do Pelotão de Itabela, prenderam na noite deste último sábado (23), por volta das 18h30, Danilo Silva Santos, o “Danilo Seco”, de 19 anos, Cleiton Borges Santana, o “Foca”, 27, Maclei de Jesus Carvalho, 18 e apreenderam uma adolescente de 17 anos, acusados de participação numa tentativa de assalto contra a agência dos Correios da cidade de São José da Vitória, no sul baiano, que terminou com a morte do soldado Dênisson Rodrigues, de 31 anos, que era lotado na 62ª Companhia Independente da Polícia Militar de Camacan. No momento da prisão “Danilo Seco” estava escondido numa casa no bairro Jardim Paquetá, em Itabela, imóvel pertencente a Jovelina Justino dos Santos, de 29 anos, que também acabou detida. Com o acusado, que negou participação na morte do militar, os policiais apreenderam 16 munições de calibre 9 milímetros. Segundo a polícia as munições seria entregue para “Foca”, que no momento que fora preso portava uma pistola do mesmo calibre. A prisão de Maclei de Jesus Carvalho, de 18 anos, aconteceu na casa de “Foca” e o mesmo portava uma pistola calibre 380, municiada. Na operação os PMs ainda apreenderam dois notebooks, diversos celulares e uma balança de precisão.
yyy
Após as prisões ocorridas em Itabela os três maiores, bem o como o menor, terminaram sendo conduzidos à Delegacia da Polícia Civil de Eunápolis, onde o flagrante foi lavrado. Veículo usado no crime que estava com placa falsa de Santa Cruz Cabrália também foi apreendido As últimas informações dão conta que os maiores foram indiciados por posse ilegal de munição, porte ilegal de arma e formação de quadrilha. Já o menor teve seu auto de apreensão em flagrante lavrado e será apresentado em companhia da família ao Ministério Público. Agora a polícia vai confrontar os presos com as imagens do circuito interno do Correios de São José da Vitória, para tentar tentar identificar a participação deles no crime que resultou no assassinato do policial. No sistema Infoseg, que reúne informações das secretarias de segurança pública de todo o país, a delegada Elizabeth Salvadeu, responsável por flagrantear os acusados, levantou que “Danilo Seco” possuía um mandado de prisão em aberto, oriundo da comarca de Porto Seguro, por suspeita de participação em um assalto contra os Correios do distrito de Trancoço, enquanto “Foca” estava em liberdade provisória fruto de condenação por envolvimento com o tráfico de drogas.
Fonte: Teixeira News.
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015