24 de mar de 2015

Venda de bebê em Feira de Santana está sendo investigada pela Polícia

A polícia investiga mais um caso de suspeita de venda de bebê, em Feira de Santana, a 109 km de Salvador, após uma denúncia nesta segunda-feira, 23. O caso está sob a responsabilidade da Delegacia Para o Adolescente Infrator (DAI).

De acordo com a denúncia, Niziane Alves de Souza e Souza, de 22 anos, teria entregado em troca de um emprego, o filho de apenas 22 dias de nascido a um casal homossexual na cidade de Alagoinhas, onde ela também tem residência.

A mãe compareceu à delegacia junto com o bebê, que nasceu no dia 1° de março e tem apenas 22 dias de vida. A delegada da DAI Claudine Passos constatou que o nome do pai foi trocado na certidão de nascimento. Como justificativa, a mãe alegou que o pai biológico é um presidiário e que ela o substituiu com o nome de uma outra pessoa que conheceu na cidade de Alagoinhas para conseguir emprego.

Outro caso


Em janeiro deste ano, a compra de um bebê também foi investigada na delegacia de Feira de Santana. A mãe biológica do bebê é de Fortaleza, no Ceará. Ela disse à polícia que não recebeu dinheiro e deu a criança por não ter condição financeira de criá-la. (ATarde)
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015