18 de mar de 2015

Presidente Dilma anuncia medidas de combate à corrupção após série de protestos

A presidente Dilma Rousseff assinou as medidas do pacote de combate à corrupção que serão encaminhadas nesta quarta-feira (18) ao Congresso Nacional. Em pronunciamento, Dilma anunciou a criminalização do caixa-dois, a aplicação da Lei da Ficha Limpa a todos os servidores públicos no âmbito federal, a alienação dos bens apreendidos após atos de corrupção e a responsabilização criminal de agentes públicos que não comprovarem a obtenção dos bens.
"Alguns governos criam condições para que a corrupção seja prevenida, investigada e punida. Outros não fazem isso, silenciam. Nós agimos. O Brasil de hoje combate a corrupção", assegurou. "A corrupção não é mais jogada para debaixo do tapete", completou.

O plano foi anunciado após as manifestações realizadas em todos os estados do país no último domingo (15), que levaram mais de 2 milhões de pessoas às ruas. "É preciso investigar corruptos e corruptores de forma rápida e efetiva para garantir a proteção do inocente ou do injustiçado", disse Dilma.

“A corrupção ofende e humilha os trabalhadores, diminui a importância do trabalho honesto, transforma a classe média e suas aspirações, dando um exemplo falso de facilidade. A corrupção prejudica empresários, prejudica o trabalhador, atinge e ofende os homens cidadãos e mulheres cidadãs de bem”, disse Dilma.
Dilma foi aplaudida quando disse que o compromisso de combate à corrupção é coerente com sua vida pessoal e com a prática ao longo de toda sua carreira política.

"Para resolver esse problema [corrupção], é preciso nova consciência, nova cultura, fundada em valores éticos profundos, fundada em moralidade republicana. Ela tem de nascer dentro de cada lar, dentro cada escola, dentro da alma de cada cidadão desse país", disse a presidente.
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015