23 de mar de 2015

Camacan: Campanha evite desperdício no dia mundial da água











No ultimo dia  23/03/2015, em Camacã, na Av. Dr. João Vargens,  houve uma ação conjunta do COMAM - Conselho Municipal de Meio Ambiente, Secretaria de Meio Ambiente, Instituto Uiraçu, Diretoria de Cultura, Prefeitura Municipal de Camacã e uma parceria da EMBASA, voluntários distribuíram folhetos educativos alertando sobre o uso adequado da água e como evitar seu desperdício.
Você pode contribuir com pequenas atitudes como por exemplo: feche a torneira ao se barbear - feche a torneira ao escovar os dentes - use o balde quando for lavar o carro - evite o uso de água e utilize a vassoura para limpar as calçadas - feche a torneira ao se ensaboar durante o banho - entre outras atitudes!
Faça sua parte!!!
Colabore!!!
Faça uso consciente das nossas águas!!!
As orientações foram passadas à população em carros, ônibus, pedestres.. enfim a todos que por ali passavam!
Como toda a população necessita da água para a sua sobrevivência, em julho de 2010, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou, através da Resolução A/RES/64/292, que a água limpa e segura e o saneamento básico são direitos humanos. Sendo assim, a água de qualidade e o saneamento básico passaram a ser um direito garantido por lei.
Declaração Universal dos Direitos da Água (alguns trechos):
1- A água faz parte do patrimônio do planeta;
2-A água é a seiva do nosso planeta;
3- Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados;
4- O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos;
5- A água não é somente herança de nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores;
6- A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo;
7- A água não deve ser desperdiçada nem poluída, nem envenenada;
8- A utilização da água implica respeito à lei;
9- A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social;
10- O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.
Por: Antonio Moura
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015