4 de fev de 2015

Caçador morre na frente da filha após tiro acidental em fazenda


Uma adolescente de 15 anos presenciou a morte do próprio pai em uma fazenda de Ibirapitanga, no sul da Bahia. Segundo a delegacia de Polícia Civil da cidade, a jovem relatou que o pai foi atingido por um disparo acidental, enquanto a vítima, um caçador de 46 anos, mexia em uma jaca com o cano da espingarda de fabricação caseira.
Na terceira vez em que o pai da garota mexeu na fruta, a arma disparou e o atingiu na boca. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local, uma fazenda no distrito de Camamunzinho. Apesar do acidente ter acontecido na segunda-feira (2), a delegacia relatou que a Polícia Civil só ficou sabendo do caso por volta das 17h de ontem (3), quando a família do caçador levou o corpo dele até a BR-330 e realizou um protesto, colocando ele no local e interditando a via.

A manifestação foi motivada pela demora do Departamento de Polícia Técnica (DPT) em remover o corpo da vítima, que não teve o nome divulgado. De acordo com o escrivão da delegacia de Ibirapitanga, o caso ainda não tinha sido denunciado à polícia, que só soube da morte do caçador após o protesto.
O corpo dele foi removido por volta das 18h da terça-feira (3), e encaminhado para o DPT de Ilhéus, onde passar por perícia. Ainda não há informações sobre o enterro da vítima. A filha do caçador está em estado de choque, mas deverá ser ouvida pela polícia ainda nesta quarta-feira (4).
 

Camacan Bahia Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015